A LIçãO DA MODA: POR MICHELLE OBAMA E MELANIA TRUMP

Na última sexta-feira (20), Donald Trump tomou posse como 45° Presidente dos EUA. O protocolo, seguido tradicionalmente há 80 anos, custou cerca de 175 milhões de doláres e teve direito a todo tipo de fofoca internacional. Desde o costumeiro discuro agressivo de Trump e tulmultuosos protestos contra ele, até a cara impagável de Michelle Obama ao receber a "singela" caixa da Tiffany's que MelaniaTrump a presenteou.



Mais o que não para de ecoar nas redes sociais, são os comentários acerca dos looks de Melania Trump e sua antessessora.





É fato que a única coisa que elas tem em comum, é a letra inicial de seus nomes. Obviamente que substituir Michelle como primeira-dama (#welovemichelleobama), não será tarefa fácil, mas confessamos que a ex-modelo eslovena tem se esforçado. 



Depois que muitos estilistas fomosos se recusarem a ligar seu nome a nova Firts Lady, como Marc Jacobs e Tom Fords, muitos burburinhos surgiram sobre quem a vestiria na Cerimônia de Posse. Melania surgiu com um casaco de caximira de Ralph Lauren, azul candy, mais discreto e sóbrio do que o vermelho que ela costuma usar e mais clássico do que as modelagens sexy em que ela aparece.



O modelito tem inspiração nos anos 60 e não demorou muito para que muitas pessoas comparassem o visual com o de Jackie Kennedy.



Certamente é perigoso fazer uma releitura de uma grande referência de moda como Jackie, especialmente de alguém que está na mesma posição que ela. Talvez por isso que o look de Melania me desagradou um pouco. 



Ela apostou em luvas e sapato do mesmo tom, com maquiagem e acessórios discretos. O penteado também teve referência de Jackie. Certamente, o look foi planejado. Melania tem um estilo mais exuberante e moderno. Trazê-la para o lado mais tradicional e sofisticado foi um erro. Esperei ver mais a ostentação costumeira de Melania ou algum recorte moderno na sua roupa e isso para mim foi decepcionante. Queria que seu look tivesse um pouco a sua cara.







Por outro lado, Michelle apostou em um vestido midi vinho, em A, com um pequeno cinto de couro modelando sua cintura. Elegante como sempre. Respeitou seu estilo e teve coerência com todos os demais looks que vestiu nesses 8 anos. Simplicidade descreve. A ex-primeira-dama gosta de estampas, de tomara-que-caia, de um ar despojado e sabe valorizar suas curvas. E princialmente, sabe adequar seu estilo ao momento. 



 







Mais do que a diferença de gosto e estilo, podemos ver, com essas duas mulheres, o quanto a moda comunica e o quanto ela pode ser uma ferramente de linguagem. Enquanto Melania, desfilando suas roupas de grifes e modelos ostentosos, usa a moda para demonstrar status e diferenciação social, Michelle se apossa dela para personificar seu papel social e símbolo de inspiração e fortalecimento do empoderamento feminino e racial. Michelle, em suas aparições públicas, com seus vestidos, "fala" mais que qualquer outro orador. Com a simplicidade de seus vestidos, ela transmitia mensagens sobre política, economia, sobre a questão racial e feminina. 



Tudo isso para dizer para você, minhas amigas, que nossas roupas falam muito de nós e muito por nós. 



 



 



 



 



 


  • 23/01/2017 - 20:26:51

Siga no Facebook

Contato

 (49)9927-6338 / Camila 

 (49)9998-5556 / Luana